Letty Lynton (1932)

Copyright © 1932 Metro-Goldwyn-Mayer

Com vestidos desenhados pelo estilista Adrian, drapejados na glamorosa Joan Crawford, como podia este filme não ser uma festa de moda cinematográfica? O filme ganhou notoriedade não apenas por haver sido proibido no Reino Unido devido ao seu enredo de homicídio sem conseqüência, mas também pelo figurino de Joan Crawford. O mais notável foi o vestido de festa branco, com seus ombros de babados largos e cintura estreita, que foi copiado pela loja Macy’s, a qual vendeu mais de 500.000 unidades. O vestido mudou o sentido de vestido de festa, que até a época havia sido elegante e simples, tendo Edith Head até chamado este vestido de “a influência singular mais importante da moda na história cinematográfica.”

Jemma De Blanche

Written by Jemma De Blanche

Jemma De Blanche is a fashion and lifestyle journalist with a background in marketing and copy-writing, is in awe of all things creative and loves getting lost in a good book, a beautiful picture or the creativity of new collection. Jemma handles the Fashion in Film pages and the Men's catwalk reviews.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>