Christian Dior

Primavera/Verão 2012 – Foi a primeira coleção com ausência de Galliano e liderança de Bill Gaytton. Como poderia se esperar de Dior, foi uma coleção repleta de elegância parisiense sob forma de roupas leves de noite. Pode-se dizer que as roupas representavam um glamur minimizado – não eram brilhantes, mas elegantes, com vestidos de coquetel de chiffon e lábios vermelhos. O glamur dos anos cinquenta apareceu nas roupas sob forma de saias armadas de organza e vestidos de baile estudados. Havia couro em abundância nos chapéus cloche, saias em couro preto e vermelho e tops também vermelhos sem manga. Vestidos de gala eram adornados com cintos ultrafinos. Houve prevalência da estampa de mosaico, que salpicou mangas e barras de blusas e vestidos antes de tomar tops inteiros. Foi uma coleção romântica e sexy ao mesmo tempo, fácil de ser apreciada por todos.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>