Bottega Veneta

Primavera/Verão 2012 – Foi difícil especificar o tema neste desfile; talvez esta tenha sido a intenção, já que a profusão de cores e texturas foi o foco do desfile. Havia uma atitude “sem regras” no ar, uma “garota sapeca exuberante”, alguns diriam. Primeiro entraram os vestidos de espartilho em verde petróleo e roxo escuro. Sendo bem literal, havia dentes de tubarão na costura e tiras de sutiã estreiras. Em justaposição, vieram os vestidos-camisa de seda mate intercalada com pedaços de couro. Uma abundância de couro: vestidos de avental em couro, calças pretas com lapelas pretas e a notável jaqueta de couro azul de motoqueiro. A plenitude de cores, incluindo o azul, foi do índigo ao fúcsia, passando pelo laranja e, finalmente, o vermelho. A cornucópia de tecidos seguiu: tricôs espaçados em azul, creme e preto; vestidos de seda com estampas geométricas em preto, branco e vermelho, além dos vestidos em PVC transparente. Foi uma coleção de misturas e combinações.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>