Vivienne Westwood

Primavera/Verão 2011 – A coleção Red Label mostrou à audiência uma raridade de Westwood. Formas geométricas preencheram a passarela. Golas grossas com babados criaram drama, assim como as mangas afofadas que davam um formato recheado aos desenhos. O navy foi a paleta predominante, abrindo e finalizando o desfile. As roupas elegantes entraram primeiro. A calça reta e a pantalona passaram uma imagem de marinheira chique. As calças apareceram mais curtas, enquanto as saias variaram entre comprimentos médios e curtos. Como de costume, as estampas foram abundantes. O xadrez pequeno e o maior estiveram em peso na coleção, diferença que criou tanto visuais autênticos como sofisticados, por exemplo quando combinados com as camisas brancas. Também foi adicionado um elemento mais suave, com os vestidos florais. Os tons pastéis foram responsáveis por trazer as características da primavera. Isto veio antes da compilação final, incorporada pelo tecido azul brilhante que foi usado para criar um belíssimo e lustroso vestido e calças estreitas. Os sapatos não puderam ser ignorados. O estilo Melissa ainda estava em alta com as solas de borracha. Um volumoso colar de coração – que tornou-se o símbolo da marca – também marcou presença na passarela. Westwood está com tudo e sua coleção, excelente como sempre.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>