John Richmond

Primavera/Verão 2011 – Descrevendo-se como o recheio, e não a cobertura, Richmond justifica seus desenhos rudimentares. Ele não arrisca. Um terno branco não passa de um terno branco. Não há nada nas entrelinhas. Não é difícil entender, portanto, seus motivos para ter trocado a Semana de Moda de Londres pela de Milão. Ele está longe de ser único e inovador e cria roupas para vender. Portanto, sua coleção Primavera/Verão 2011 não foi nada diferente. A paleta de cores contou basicamente com branco e preto, com um toque de vermelho e verde. Blazers foram combinados com calças justas e a sofisticação foi o principal elemento de sua coleção. Blusas transparentes e vestidos de seda ficariam perfeitos nas ruas, e não nas passarelas. O mesmo vale para o trench coat preto e jaqueta de motoqueiro verde, que poderiam ser vestidos com muita facilidade. John Richmond é perfeito para a mulher sofisticada e sua coleção Primavera/Verão é facilmente consumível. É elegante, sofisticada e está a salvo dos fracassos. Das blusas de seda aos blazers, esta foi uma coleção desenhada para ser vendida.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>