Chanel

Outono/Inverno 2011-12 – Karl Lagerfeld foi para o dark side nesta coleção, apresentando tons de preto e cinza e até mesmo os verdes e vermelhos claros tinham um toque esfumaçado. Uma aparência vulcânica cobriu a passarela, o que fez com que as modelos desfilassem entre pólos de lavas fumegantes. Isto, depois da ponte levadiça, de onde formavam-se nuvens de gelo seco. Com este clima de fogo e enxofre, só podiam ter aparecido macacões de operários e botas de motoqueiro. As modelos vestiam tweeds pesados, majoritariamente em preto e cinza, enquanto flashes de um vermelho vulcânico e de verde compunham a paleta. Polainas de tweed e sapatos Oxford sem salta trouxeram um ar de praticidade. Casacos de tweed com estampa em zigue-zague foram a pedida, com um clima dramático e pesado, mas não o suficiente para desapareceram frente aos casacos e princesa e os vestidos clássicos. Estes últimos deram à coleção um toque feminino, bem como as penas e os bordados em renda. No geral, Lagerfeld deixou uma impressão andrógena, com um lado elegante e outro, prático.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>