Viktor & Rolf

Outono/Inverno 2010-11 – O teatro de moda já pode ser definido como qualquer coleção de Viktor and Rolf. Ponto final. O drama está sempre na agenda desta dupla inovadore.Desta vez, a teatralidade transpirou da linha de produção mecânica improvisada. Parafusos e porcas foram o pano de fundo para que o desfile começasse. Primeiramente, viu-se um casaco extravagantemente enorme, mas sob uma análise mais minuciosa, pode-se perceber que a modelo utilizava diversas camadas de roupas, das quais ia se despindo e então as peças eram colocadas na próxima modelo. A paleta de cores sóbria era comporta de um preto estilo molhado, angorá e roupas ornamentadas com tachas e fechos metálicos. Finalmente, surgiram obras de arte esculpidas, as quais não se era possível vestir, mas que exemplificavam os elementos criativos da dupla. Com os designers trabalhando em uma bicicleta para dois para despir e vestir novamente as camadas, ficou claro que esta foi mais uma coleção simbólica do duo inventivo.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>