Christian Dior

Outono/Inverno 2010-11 – Uma palavra para explicar a atmosfera desta coleção inspirada no terror: enfurecida. John Galliano começou seu desfile com uma trovoada, um estrobo imitando um relâmpago e uma porta de castelo mal-assombrado. Os cabelos penteados para trás, as tranças introvertidas e os rostos brancos fantasmagóricos davam um toque de loucura. A evidência que corroborava com isto estava nas roupas. Primeiro, o chapéu coco aumentado do Chapeleiro Maluco com o casaco de couro amplo e longo perversamente maravilhoso foram dignos de nota. As rendas renascentistas e as pregas ilustravam outra era; talvez Galliano tenha querido trazer as modelos de volta do além. Calças jodhpur de espadachins apareciam em couro curtido, ou as pernas surgiam tomadas por botas acima do joelho cujos cadarços se amarravam atrás. O chiffon com estampa floral leve e as pregas compunham e revestiam vestidos ralos. Isto culminou em vestidos amplos varrendo o chão, cobertos em adornos vintage. A coleção apresentou uma nostalgia do século XVIII.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>