Valentino

Outono/Inverno 2010-11 - Os sucessores Maria Grazia Chiuri e Pier Paolo Piccioli alcançaram o impossível, criando vestidos belíssimos nos quais Valentino em pessoa era tão bom. Ou seja, a assinatura das ideias de Valentino foi retrabalhada de acordo com os dias de hoje, mas manteve aquele toque romântico tão importante. Minivestidos pretos eram fofos, com belos laços adicionados na parte da frente para um público mais jovem. Os vestidos vieram camadas e babados, fossem curtos ou longos. Tais vestidos eram feitos de tecidos pesados, mas davam espaço aos mais delicados e leves ao longo do desfile. Um vestido de chiffon rosa bebê e branco, em particular, arrastava-se ao chão em pedaços de renda e não se pode deixar de lado seu laço rosa, amarrado no peito. Um pouco mais inovadores eram os vestidos esculpidos de forma a parecerem com gaiolas de pássaros. Para finalizar, vestidos de gala de princesa com luvas combinando provaram que a casa Valentino ainda é a rainha dos vestidos.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>