Comme des Garcons

Primavera/Verão 2011 – Estava mais para uma coleção mórbida. Jaquetas pretas oversized que arrastavam seu aborrecimento abriram o show. O surrealismo sempre foi um ponto importante na Comme des Garçons, portanto tal jaqueta aparentar ter um par de mangas a mais, não foi exceção. Isto criou um senso de deslocamento que seguiu por todo o desfile. Blazers brancos vieram em seguida, se justapondo aos casacos pretos tipo capa. Depois, uma compilação dos dois, misturando suas cores e formas. Vários casacos tipo trench brancos  continham uma listra preta ou uma manga inteira que mais parecia pertencer ao casaco que abriu o desfile que à peça na qual surgiram. Vestidos longos de noite eram sobrenaturais com suas pregas grossas e pesadas e seus contornos arrojados. Os acessórios escolhidos foram os cintos e os chapéus. Faixas grossas de afivelas cortavam os vestidos pesados na cintura e chapéus cloche deram um toque de década de 1920. Esta coleção foi dedicada ao surrealista, o típico fã de Comme des Garçons.

Zoe Garton

Written by Zoe Garton

Zoe Garton was one of the first contributors to the Catwalk Yourself project. She has a fervour for fashion and graduated with a BA (Hons) in History at University College London. Zoe is responsible for our Ready-to-Wear and Haute Couture sections.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>